Notícias Tudo sobre o setor sucroalcooleiro
Conab estima produção de quase 643 milhões de toneladas de cana em 2019/20

Mauricélia Ramos

26/12/2019 - 18:54

De acordo com o terceiro levantamento da safra de cana-de-açúcar 2019/20, divulgado hoje (19), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção final de cana-de-açúcar deve ser de 642,7 milhões de toneladas, 3,6% a mais em relação à safra anterior, e 3,2% a mais que o estimado no segundo levantamento.

Como as usinas seguem beneficiando o etanol em sua produção, devido às conjunturas de mercado mais favoráveis ao biocombustível, 65% da matéria-prima deve ser direcionada para o produto, sobrando 35% para o açúcar.

Considerando a produção de etanol de cana-de-açúcar e de milho, 35,5 bilhões de litros devem produzidos na temporada 2019/20, ou 7,2% a mais que na safra passada. Separadamente, o renovável de cana contribuiria com 33,8 bilhões (+4,6%).
A produção de etanol hidratado de cana é estimada em 23,6 bilhões de litros (+2,6%) e a de anidro de cana, em 10,2 bilhões de litros (+9,6%).

Já a produção total de etanol de milho está prevista para chegar a 1,69 bilhões (+114%). A Conab “vem observando a relevância na destinação do produto para combustível desde maio, quando começou a incluir o cereal em suas pesquisas”, afirma, em documento.

Olhando para o açúcar, a expectativa da Companhia é uma produção de 30,1 milhões de toneladas, representando um crescimento de 3,8%.

Já em relação aos canaviais, a área plantada já diminuiu 1,35%, para 8,49 milhões de hectares. Confirme a Conab, a retração pode resultar em um aumento da produtividade, que hoje é de 75,7 toneladas de cana por hectare, ou 4,9% a mais que no último ciclo. A entidade ainda informou que, em algumas regiões, os agricultores estão mudando as áreas de produção para as de renovação a fim de aumentar a produtividade.

Fonte: NOVA CANA

Foto:

2013 - EMPAT - Todos os direiros reservados.