Notícias Tudo sobre o setor sucroalcooleiro
Presidente da Pindorama busca melhoramento de produção agrícola em missão técnica internacional

Mauricélia Ramos

23/11/2017 - 09:41

No início do mês de novembro, foram iniciadas, em Israel, as atividades que contemplam a Missão Técnica Internacional. O presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos, embarcou nessa jornada integrando a comitiva alagoana de lideranças governamentais e não governamentais. Israel é bastante conhecido pelas soluções tecnológicas nas áreas produtivas no deserto. A missão se estendeu até o dia 12 de novembro.

Já em solo israelense, a comitiva realizou visitas e reuniões que possuem a finalidade de beneficiar os setores do agronegócio, comércio, serviços e tecnologia no Brasil, e mais especificamente em Alagoas. O presidente da Pindorama conta que o intuito da missão é buscar o que há de mais novo em tecnologia e gestão de recursos hídricos e espera poder transferir toda a experiência adquirida para Alagoas.

“A missão está sendo muito interessante, muita coisa boa e útil. Voltaremos para Alagoas com muitas novidades para a área agrícola. Principalmente na área de irrigação, economia e reuso da água para a agricultura. Israel possui um trabalho técnico e tecnológico muito forte nessas áreas”, afirma Santos.

A comitiva possui uma agenda recheada de atividades, entre elas a visitação a uma indústria exportadora de frutas, campo de produção agrícola, análises da produção leiteira do país e reuniões com empresas que desenvolvem o trabalho de desencanalização da água.

Klécio Santos revela que a comitiva já realizou visitas a duas empresas da área de irrigação. Uma delas é a Netafim, especialista em soluções de irrigação por gotejamento. As duas empresas já possuem atividades aqui no Brasil.

A comitiva deseja ainda fechar possíveis parcerias com instituições em Israel visando o desenvolvimento de tecnologias ligadas aos recursos hídricos, energias renováveis e outros segmentos no Brasil.

O presidente da Pindorama chama a atenção para um processo de irrigação que a comitiva pode acompanhar em uma das visitas. "Em uma das visitas nós conseguimos acompanhar a produção através da técnica de hidroponia, que vem gerando um avanço muito grande, e possui além de rentabilidade, um valor agregado muito forte. É uma atividade que ocupa áreas pequenas e que será bastante fácil de desenvolver em Alagoas”, declara Santos.

Fonte: COOPERATIVA PINDORAMA

Foto: COOPERATIVA PINDORAMA

2013 - EMPAT - Todos os direiros reservados.