Notícias Tudo sobre o setor sucroalcooleiro
Aumento dos impostos sobre os combustíveis mantém preços do açúcar estáveis

Mauricélia Ramos

25/07/2017 - 10:04

As geadas no estado do Mato Grosso do Sul movimentaram os preços do açúcar na última semana, acumulando uma alta de 12 pontos. Na última sexta-feira (21), porém, os preços da commodity na bolsa de Nova York permaneceram estáveis, com alta apenas em algumas posições futuras, devido ao anúncio feito pelo governo, elevando os impostos sobre os combustíveis no Brasil.

"Apesar da ampla oferta mundial na atual temporada, o aumento de impostos sobre os combustíveis no Brasil dá força às cotações. A medida tende a elevar a demanda pelo biocombustível, reduzindo o interesse das usinas em produzir açúcar", foi a avaliação feita por especialistas consultados pelo jornal Valor Econômico, em nota publicada hoje (24).

Na tela outubro/17 da bolsa americana, o preço do açúcar caiu um ponto, fechando negócios em 14.40 centavos de dólar por libra-peso. Os negócios para março/18 fecharam estáveis e as demais cotações subiram entre quatro e sete pontos.

Em Londres, o vencimento outubro/17 fechou em queda de 1,50 dólar, com negócios firmados em US$ 394,00 a tonelada. Os contratos para dezembro/17 não tiveram alteração, já março/18 teve alta de 30 cents de dólar. Os demais lotes tiveram queda entre 50 cents de dólar e 1,40 dólar.

Mercado doméstico

No mercado interno, o açúcar continua com o preço em baixa, segundo o indicador do Cepea/Esalq, da USP. Na última sexta-feira, a saca de 50 quilos do tipo cristal fechou em queda de 0,32%, negociada a R$ 59,31.

Fonte: UDOP

Foto: UDOP

2013 - EMPAT - Todos os direiros reservados.